Pepê supera drama em três meses e fecha 2019 com chave de ouro

Atacante de 22 anos viveu "noite para esquecer" em setembro e chega ao fim da temporada como vice-artilheiro do Grêmio e convocado para o Pré-Olímpico


Fonte: Gremioavalanche.net

Foto: Lucas Uebel
Os primeiros dias de setembro de 2019 foram turbulentos para Pepê. Depois de errar o pênalti que eliminou o Grêmio na semifinal da Copa do Brasil diante do Athletico, o atacante conviveu com a "noite para esquecer" sob a ira de torcedores nas redes sociais por algum tempo. Mas não perdeu a confiança que lhe foi depositada.



LEIA TAMBÉM: Grêmio estuda fazer troca de jogadores entre Kannemann e atacante da Fiorentina

Em três meses, deixou para trás a marca da desclassificação para terminar o ano como vice-artilheiro do time, faixa de capitão no braço, sondagens da Europa e convocação para disputar o Pré-Olímpico na Colômbia com a seleção brasileira.

– Errar um pênalti tão decisivo assim, numa semifinal de Copa do Brasil, foi um dos momentos mais tristes para mim. Mas jogador de futebol vai ter muito disso, momentos alegres, tristes. Tem que saber controlar, ter a cabeça boa para absorvê-los cada vez mais rápido – comentou Pepê em entrevista recente à RBS TV.



Mesmo na reserva durante toda a temporada, o atacante de 22 anos só não foi melhor que Everton no quesito bolas na rede. Enquanto o Cebolinha marcou 20 gols, Pepê fez 13. Ainda contribuiu com seis assistências nos 51 jogos que disputou.

51 jogos
13 gols
6 assistências

As estatísticas expressivas para um atleta que em nenhum momento assumiu a titularidade na equipe de Renato Gaúcho chamaram a atenção de clubes europeus. Paris Saint-Germain, Porto e Roma demonstraram interesse.

A ascensão de Pepê se manteve na reta final do Brasileirão. Na 34ª rodada, marcou um golaço nos últimos minutos para dar a vitória ao Grêmio sobre o Palmeiras, em São Paulo. Na penúltima, comandou o 2 a 0 sobre o Cruzeiro, com direito a assistência e gol de pênalti após invadir a área a dribles e ser derrubado.

No último jogo da competição, Renato deu férias ao grupo principal e mandou a Goiânia uma escalação repleta de jovens para enfrentar o Goiás. Pepê foi junto e entrou em campo com a braçadeira de capitão. A inexperiência do time, porém, não evitou a derrota por 3 a 2.

A quatro dias do fim do ano, Pepê recebeu a melhor notícia de 2019. Como os jogadores brasileiros que atuam na Europa não foram liberados por seus clubes para o Pré-Olímpico, em janeiro, o técnico da seleção brasileira sub-23 André Jardine precisou fazer novas escolhas. Entre os novos convocados, surgiu o nome do atacante gremista, que terá sua primeira aparição com as cores verde e amarela.

Assim, Pepê deve ficar fora da pré-temporada tricolor. A apresentação oficial para a competição que será disputada na Colômbia está marcada para 3 de janeiro, na Granja Comary. O Brasil estreia no dia 19, contra o Peru.



Pepê merece ser titular do Grêmio?

LEIA TAMBÉM: Em busca de reforços, Grêmio faz sondagem por volante do Bahia


Grêmio, Pepê, seleção, números


PALMEIRAS CAMPEÃO MUNDIAL? SÃO PAULO CAMPEÃO DA COPA DO BRASIL? PALPITES PARA O ANO DE 2020

VEJA: Clique aqui e veja as promoções que a Network BG preparou para você acompanhar todos os jogos da temporada

LEIA TAMBÉM: Grêmio nega propostas de saída por Jean Pyerre e Everton

Clique aqui e confira séries, comentários, filmes e tudo sobre futebol! Teste agora!<\a>



Comentários




Leia também

24/2/2020









23/2/2020







CAMPEONATO GAÚCHO - 11:51 (3)

Grêmio foca na continuidade do Campeonato