Caio Henrique, meias e a busca por atacantes: o radar de reforços do Grêmio para 2020

Expectativa que negociações evoluam após a virada do ano


Fonte: GaúchaZH

Fonte: Vinnicius Silva / Cruzeiro/Divulgação
Apesar de várias tratativas, o Grêmio ainda não anunciou o segundo reforço para a temporada 2020. Por conta da recessão do mercado de negociações, pedidas elevadas e condições particulares de cada transação, o clube deve fechar 2019 com um nome oficializado para a próxima temporada: Victor Ferraz, que assinou até o final de 2021. Com contatos adiantados, a intenção é fechar mais um reforço ainda nesta semana, além de avançar em outras tratativas.



LEIA TAMBÉM: Grêmio estuda fazer troca de jogadores entre Kannemann e atacante da Fiorentina


O nome mais próximo é o de Caio Henrique. Há uma confiança de que o atleta jogará na Arena. O Fluminense ainda mantém as esperanças para a manutenção do lateral-esquerdo. O Flamengo também teria o interesse, mas tanto o jogador como o Atlético de Madrid, detentor dos direitos do atleta, têm preferência pelo empréstimo de um ano ao clube gaúcho.

As buscas por jogadores de meio-campo também seguem constantes. Um volante e um meia serão trazidos. O grande sonho é Carlos Sánchez. O representante do uruguaio, Nelson Ferro, chegará ao Brasil para tentar receber os valores atrasados. Porém, o presidente do Santos descarta perder o atleta.

Uma alternativa mais fácil, mas com um custo elevado, seria Lucas Silva. Internamente, ele é considerado caro, apesar de estar livre no mercado após rescindir com o Real Madrid. Os seus ganhos mensais chegavam a casa de R$ 1 milhão. Por estar livre no mercado, a negociação é direta com o atleta e seu representante. O interesse é antigo, mas ainda não foi concluído pelos valores.

Nesta segunda-feira, o empresario do volante Gregore, do Bahia, admitiu que o Tricolor tem interesse em contratar o jogador para 2020. Detalhes da negociação, no entanto, não foram revelados.

Projetando uma reformulação no ataque em 2020, após Vizeu não permanecer, além das prováveis saídas de André e Diego Tardelli, a ideia é encontrar um camisa 9 capaz de resolver os problemas que a equipe teve em 2019. Pela nova diretriz de buscar jogadores afirmados, a análise está sendo mais criteriosa e cautelosa.

Um nome ventilado nos últimos dias, principalmente pela imprensa da Argentina, foi o de Lucas Pratto. O centroavante de 31 anos, ex-Atlético-MG e São Paulo, atualmente no River Plate, não chama tanta atenção pela idade, é considerado caro, na visão gremista, teria dificuldade para compreensão do sistema de jogo da equipe treinada por Renato Portaluppi. Nomes com uma capacidade física melhor e que estejam em melhores condições técnicas, chamam mais a atenção num primeiro momento.



A partir da virada do ano, segundo os envolvidos nas negociações no futebol, há uma expectativa de uma aceleração no mercado. Por não entrar em ação tão cedo no Campeonato Gaúcho, o time de transição será utilizado nas primeiras rodadas do torneio, possibilitando um prazo maior para encontrar os novos nomes para o elenco, sem tanta pressa e diminuindo os riscos de erros.


Grêmio, Mercado da bola, Reforços, 2020, Imortal

Grêmio se afunda ainda mais em noite terrível no Chile e sente clamor por mudanças

Grêmio é recebido com protesto na Arena após derrota na Libertadores





Comentários



Preto {%}     

Essas buscas por reforços do grêmio eu acho q é tudo feik vai continuar os mesmos... tomara que eu esteja errado tomara

Amaro Muniz Maro     

Esse pedro que ta na fiorentina o fla tb quer ele sera que o gremio vai consegui na frente do fla acgo dificil

Amaro Muniz Maro     

Se esses nomes sondados vinhesse a metade era de bom tamanho

Edemar Rodrigues     

Kkkkkkkkkkk .

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

18/9/2020












17/9/2020