Quais são os maiores salários de treinadores no Brasil? Confira:


Fonte: Blog do Jorge Nicola

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)


Uma das discussões mais fortes do futebol brasileiro nas últimas semanas se deu em relação ao trabalho dos técnicos brasileiros em comparação com os estrangeiros Jorge Jesus e Jorge Sampaoli. Mas quanto ganham os nossos comandantes e quanto faturam o português e o argentino? O Blog ouviu dirigentes e traz aqui os 13 treinadores mais bem pagos do país.



Líder absoluto do Brasileirão e finalista da Libertadores, Jorge Jesus é dono do maior salário do Brasil. Ele fatura cerca de R$ 1,5 milhão por mês - o valor não inclui sua comissão técnica. E, apesar das altas cifras, o Flamengo não conseguiu avançar na tentativa de prorrogar o contrato do português, que se encerra na metade de 2020.

A segunda colocação no ranking dos técnicos é dividida por Sampaoli e Renato Gaúcho - cada um embolsa R$ 900 mil por mês. Tanto o argentino que comanda o Santos quanto Renato, campeão da Libertadores com o Grêmio, em 2017, ainda podem melhorar seus vencimentos em caso de títulos e classificação para o torneio sul-americano.

O quarto mais bem pago é Mano Menezes, do Palmeiras, cujo salário é de R$ 750 mil por mês - ele ganha R$ 50 mil a menos do que seu antecessor, Luiz Felipe Scolari. O curioso é que, apesar de ter uma campanha com 11 vitórias, três empates e uma derrota, ainda há quem exija a saída de Mano para o próximo ano.

Tiago Nunes, anunciado nesta quinta-feira como novo técnico do Corinthians, surge como o quinto no ranking, ao lado de Abel Braga, do Cruzeiro - eles faturam R$ 600 mil mensais. Fábio Carille, recém-demitido no Timão, ganhava perto dos R$ 900 mil. O custo de toda a comissão técnica e de Tiago Nunes será um pouco inferior a isso.



RANKING DOS 13 TÉCNICOS MAIS BEM PAGOS DO BR:

1º Jorge Jesus (Flamengo): R$ 1,5 milhão por mês

2º Renato Gaúcho (Grêmio): R$ 900 mil

Sampaoli (Santos): R$ 900 mil

4º Mano Menezes (Palmeiras): R$ 750 mil

5º Tiago Nunes (Corinthians): R$ 600 mil

Abel Braga (Cruzeiro): R$ 600 mil

7º Luxemburgo (Vasco): R$ 300 mil

Roger Machado (Bahia): R$ 300 mil

9º Fernando Diniz (São Paulo): R$ 280 mil

10º Rogério Ceni (Fortaleza): R$ 250 mil

Vagner Mancini (Atlético-MG): R$ 250 mil

Zé Ricardo (Internacional): R$ 250 mil

13º Alberto Valentim (Botafogo): R$ 180 mil.





Corinthians, Brasil, Técnicos, Pagamentos

VEJA: Clique aqui e veja as promoções que a Network BG preparou para você acompanhar todos os jogos da temporada

LEIA TAMBÉM: Em 25 dias, as mudanças no Grêmio até novo duelo com Flamengo

Clique aqui e confira séries, comentários, filmes e tudo sobre futebol! Teste agora!<\a>



Comentários




Leia também

17/11/2019
















16/11/2019