Jogadores do Imortal sentem a derrota, mas falam em atenção total para o duelo contra o Flamengo

Na quarta, Tricolor enfrenta o Flamengo, em jogo que vale vaga na decisão continental


Fonte: Correio do Povo

(Foto: Reprodução TV)
O Grêmio perdeu por 2 a 1, neste sábado, de virada, para o Fortaleza, pela 27º rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado interrompeu uma sequencia de duas vitórias na competição. Os jogadores do time gaúcho lamentaram o resultado que distancia o time do da briga pelo G4. Eles, porém, focam tudo na decisão de quarta-feira contra o Flamengo, no de volta das semifinais Copa Libertadores, no Maracanã. Na primeira partida, ocorreu empate por 1 a 1.



Por isso mesmo, o Grêmio atuou com um time reserva em Fortaleza, mas na etapa final o técnico Renato Gaúcho mandou a campo os atacantes Éverton Cebolinha e Diego Tardelli. Foi exatamente Éverton quem pediu aos atletas para esquecerem rapidamente o tropeço pelo Brasileirão.

"Independentemente do time que entrou em campo, nosso pensamento era o de vencer para brigar na parte de cima da tabela. Começamos bem, mas em dois vacilos nós sofremos a virada. Agora é virar a chave, porque tem decisão na quarta-feira", explicou.

Segundo Éverton, o jogo de quarta-feira não permite que a equipe repita os erros apresentados neste sábado. "É um jogo de extrema importância, o mais importante do ano. Temos que ter foco e concentração redobrados. O Flamengo é qualificado e vem provando isso. Nós estamos preparados e bem para fazermos um grande jogo", concluiu.

Antes da partida, o Grêmio teve um desfalque de última hora. O goleiro Júlio César sentiu um desconforto na panturrilha e foi vetado. O jovem Phelipe Megiolaro começou o jogo e fez sua estreia na equipe profissional. Ele, inclusive, deve ser o reserva imediato de Paulo Victor na partida contra o Flamengo.

"Estou muito feliz de receber essa oportunidade do professor Renato, mas triste pelo resultado. Eles tiveram mais chances e marcaram. Nós não conseguimos nos recuperar depois", lamentou o goleiro.



Com o resultado, o Grêmio estacionou nos 41 pontos, na sétima posição e terá que torcer contra Athetico Paranaense e Bahia para não ser ultrapassado ao final da rodada. A equipe paranaense encara o Palmeiras neste domingo e o clube baiano joga na segunda-feira contra o Ceará.




Grêmio, Fortaleza, Brasileirão, Libertadores

FGF mantém rodada de clássicos na retomada e Gauchão terá final em dois jogos; confira

Vai voltar! Reunião da Conmebol define volta da Libertadores; veja quando





Comentários



Joao Schernn     

Sentem a derrota coisa nenhuma nao botaram garra entusiasmo determinaçao e sobretudo vontade de ganhar agora ficam ai falando besteira bando de frouxos só querem dinheiro do grêmio sao uns pangares gripados nao confio maus nesses reservas ruins de bola.

Edemar Rodrigues     

Nesse gol que o osvaldo fez , o goleiro poderia ter saido antecipado a bola passou emfrente a ele depois ela chegou no osvaldo ,pramim foi uma falha ...

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

12/7/2020





11/7/2020