Grêmio tem excelente aproveitamento contra o Corinthians na Arena; relembre os duelos


Fonte: Gazeta Esportiva

Foto: Conradi/AGIF
Grêmio e Corinthians se enfrentam nesse sábado, às 19 horas (de Brasília), em Porto Alegre (RS). Para o confronto válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Timão terá pela frente não só o bom elenco de Renato Gaúcho, que deve ir a campo completo depois do empate pela Libertadores, como também um retrospecto nada animador na Arena do Tricolor Gaúcho, inaugurada em 2012. No palco da partida de logo mais, o Corinthians soma uma vitória, um empate que antecedeu um revés nos pênaltis e cinco derrotas.



Logo no primeiro embate entre as equipes no estádio, em 2013, o time do Parque São Jorge foi eliminado das quartas de final da Copa do Brasil por um dos seus ídolos. Dida, goleiro do tricolor na ocasião, foi responsável por defender três cobranças de pênaltis, incluindo a cavadinha de Alexandre Pato, depois do empate por 0 a 0 no tempo regulamentar.

No Brasileirão daquele ano, Barcos, que não marcava há nove jogos pelo Grêmio, foi às redes e garantiu mais um triunfo, dessa vez por 1 a 0.

Na temporada seguinte, o centroavante foi novamente o carrasco do Corinthians. O Pirata tinha acabado de voltar de lesão, mas isso não impediu que ele deixasse sua marca duas vezes. O revés corintiano por 2 a 0 marcou o fim da invencibilidade de Mano Menezes jogando fora de casa.

Com gols de Luan, Giuliano e Marcelo Moreno, a história se repetiu em 2015. Aos quatro minutos de jogo, o elétrico Grêmio de Roger Machado já tinha anotado dois e sufocava a equipe comandada por Tite. O Timão chegou a esboçar uma reação depois do gol de Mendoza, mas o tabu prevaleceu e acabou com o placar de 3 a 1.

Há três anos, a Arena recebeu recorde de público para novo confronto entre os times e os mais 50 mil torcedores presentes chegaram a gritar “olé”. Os 3 a 0 foram determinantes para que o Corinthians do técnico Cristóvão Borges deixasse o G4.

Como de praxe, o Timão encerrou o jejum após uma partida dramática e vencida por 1 a 0. Depois de Jadson abir o placar, o Grêmio teve a chance de chegar ao empate com um pênalti. No entanto, a cobrança de Luan parou nas mãos de Cássio, um dos destaques do jogo e da conquista daquele Brasileirão, em 2017.



Após a decepção na Copa do Brasil, a derrota na temporada passada é considerada uma das mais amargas. O gol de Jael, que sacramentou a vitória por 1 a 0 dos mandantes na derradeira rodada do Brasileirão daquele ano, garantiu o Tricolor na fase de grupos da Libertadores de 2019. Por outro lado, o resultado mandou o Timão para a Copa Sul-Americana.




Grêmio, Corinthians, Arena, Brasileirão

Grêmio divulga balanço financeiro dos meses de janeiro a março de 2020

Leia também: Grêmio quer fatia de R 120 milhões milhões de parceiros para vender Cebolinha ao Napoli





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

27/5/2020








26/5/2020