Vitória contra o Palmeiras serão exemplos para virada tricolor no Maracanã

Tricolor precisará fazer pelo menos um gol no Flamengo no Maracanã


Fonte: Gaúcha Tricolor

O Grêmio escreveu mais uma página de superação em sua história na Libertadores. Na noite dessa quarta-feira (2), o Tricolor perdia para o Flamengo até os 42 minutos do segundo tempo do jogo de ida da semifinal quando Pepê fez o gol que empatou a partida e definiu o placar de 1 a 1 na Arena. Bruno Henrique marcou para o time carioca.

Se antes do jogo na Arena o objetivo do Grêmio era conquistar uma vantagem para a volta no Maracanã, o empate obtido nos minutos finais foi valorizado pelo técnico Renato Portaluppi e pelos jogadores gremistas. Renato admitiu que o Tricolor teve uma atuação ruim no primeiro tempo e que correu risco até de ter a eliminação definida nos 45 minutos iniciais.

— O Grêmio não viu a bola no primeiro tempo. O Flamengo perdeu a chance de praticamente garantir a classificação deles aqui. O Flamengo foi muito melhor no primeiro tempo - reconheceu o treinador, que admitiu ter dado uma bronca nos seus jogadores durante o intervalo.

— Nó estivemos muito abaixo do que podemos apresentar no primeiro tempo. A gente assistiu ao Flamengo jogar. Sempre falei que o Flamengo tem jogadores diferenciados e nós deixamos a equipe deles jogar — completou.

Assim como ocorreu nas quartas de final diante do Palmeiras, o Grêmio iniciará o jogo no Maracanã com um placar desfavorável. Por ter marcado um gol na Arena, o 0 a 0 na volta garante o Flamengo na final da Libertadores. A vitória sobre o time paulista foi lembrado pelos gremistas.

— Sofrer o gol dentro de casa dificulta um pouco, mas podemos fazer a mesma coisa que eles fizeram aqui. Fizemos isso contra o Palmeiras nas quartas de final. O jogo está aberto e vamos buscar fazer um grande jogo no dia 23 — afirmou o atacante Everton.

De vilão a herói
Marcado por ter perdido o pênalti que decretou a eliminação do Grêmio para o Athletico-PR na Copa do Brasil, Pepê viveu uma noite de redenção na Arena. Chamado por Renato Portaluppi para entrar na partida aos 36 minutos do segundo tempo, ele fez o gol que evitou a derrota diante da torcida gremista. O garoto, de 22 anos, admitiu que estava precisando recuperar a confiança.

— Eu senti bastante depois daquele jogo, mas tive o total apoio do grupo. Todos me abraçaram e falaram para eu ter tranquilidade e continuar trabalhando. Foi meu primeiro gol na Libertadores e isso é fundamental para eu retomar ainda mais a minha confiança — disse.

No lado do Flamengo, o clima foi de lamentações para perda da oportunidade de levar uma vantagem maior para o Rio de Janeiro. O técnico Jorge Jesus reclamou das decisões do VAR. Segundo ele, o argentino Néstor Pitana e sua equipe tomaram todas as decisões polêmicas a favor do Grêmio.

— Quero dar os parabéns ao Flamengo, que fez uma partida extraordinária. Esse jogo não resolve nada. Mas o Flamengo foi melhor em todos os aspectos e merecia a vitória. Fizemos quatro (gols), só valeu um. Revi e não sei como o árbitro anulou o do Gabigol — afirmou o português.

Questionado sobre as reclamações dos gols anulados, Renato Portaluppi evitou entrar em polêmica e afirmou que o VAR fez seu papel de corrigir erros dos árbitros do campo.

Grêmio e Flamengo voltarão jogar daqui a três semanas no Rio de Janeiro. O período servirá para o Tricolor recuperar os machucados Geromel e Jean Pyerre. Maicon e Léo Moura, que voltam de lesão, terão tempo para ganhar ritmo para o jogo no Maracanã, quando o clube tentará confirmar a classificação para sua sexta final de Libertadores.


VEJA: Clique aqui e veja as promoções que a Network BG preparou para você acompanhar todos os jogos da temporada

LEIA TAMBÉM: Após derrota no Ceará, Renato comenta sobre decisão contra o Flamengo: "Tudo pode acontecer"

Clique aqui e confira séries, comentários, filmes e tudo sobre futebol! Teste agora!<\a>



Comentários



Jonas Teles     

Com a teimosia desse burro do Renato nos chegamos até longe

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

21/10/2019






20/10/2019