Renato lamenta o “rendimento de alguns jogadores” e a falta de opção de velocidade em Curitiba

Apesar da desclassificação para o Athletico-PR, técnico do Grêmio ressalta grupo vencedor e necessidade de aprender com a derrota


Fonte: Correio do Povo

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA
O técnico Renato Portaluppi considerou a vitória do Athletico-PR como justa, principalmente, pelo desempenho da equipe do Grêmio, que não reprisou os últimos desempenhos. Porém, fez algumas avaliações que explicam um pouco mais a fundo a derrota na Arena da Baixada e a desclassificação na semifinal da Copa do Brasil. A falta dos dois principais jogadores do grupo foi um dos pontos bastantes destacados.



“O Athletico esteve melhor e mereceu a classificação. Estivemos muito abaixo e pagamos por isso. E olha… Na terça-feira, tive uma reunião de uma hora com o grupo. Antes do jogo tive outra. Tivemos alguns jogadores muito abaixo do que eles podem apresentar. Pagamos pelos erros”, lamentou.

Além disso, o treinador destacou a falta de uma opção que é fundamental para o atual time gremista. “Tivemos dois jogadores importantíssimos fora de combate. Além disso, sempre tivemos o Pepê como uma solução de velocidade para o segundo tempo e hoje não tínhamos nenhum que pudesse mudar o panorama da partida", destacou Renato.

Apesar da desclassificação na Copa do Brasil, o Grêmio passará a focar no Campeonato Brasileiro e aguarda outubro para disputar as semifinais da Libertadores contra o Flamengo. O Tricolor viaja direto de Curitiba para Belo Horizonte, a partir das 14h30min, pois enfrenta o Cruzeiro, no domingo, às 11h, no Mineirão. Por isso, a ordem é remobilização.

“Não adianta ficar lamentando a noite toda. Nestas horas, queremos sumir e ficar em uma ilha deserta, mas como comandante tenho que colocar a cara e defender o meu grupo, que é vencedor. Perdemos, estamos tristes, mas aprendemos com as derrotas e com as vitórias. Não jogamos nada para conseguir a classificação. Não adianta ficar dando desculpas”, destacou Portaluppi.



O Grêmio realizará um trabalho regenerativo nesta quinta-feira. Na sexta-feira e no sábado, Renato Portaluppi montará o time para enfrentar a Raposa. A tendência é de força máxima. Everton volta ao time e Maicon será reavaliado até uma hora antes da partida contra o Cruzeiro.

Grêmio, Renato Gaúcho, Copa do Brasil, Tricolor, Athletico Paranaense

LEIA TAMBÉM: Renato reitera desejo de permanecer no Imortal em 2020

LEIA TAMBÉM: Everton comenta sobre renovação próxima com o Tricolor: "Aceitava contrato vitalício"

Clique aqui e confira séries, comentários, filmes e tudo sobre futebol! Teste agora!<\a>

VEJA:
Clique aqui e veja as promoções que a Network BG preparou para você acompanhar todos os jogos do Grêmio da temporada

Comentários



Luiz Contiero     

Fora Portaluppi! Leva a filha cambista de ingresso fantasma!

Luiz Contiero     

Laterais não sabem cruzar ou invadir a área, meio de campo podre e Velho acima dos trinta, André de centro avante. Vai toma no rabo! E já faz tempo! Mesmo quando ganha, essas falhas são nítidas.

Roberto Oliveira     

A culpa é só tua, GAVETEIRO FDP!!!

Vamos com calma. Renato nos deu muitas alegrias e titulos em 3 anos. Sempre soubemos que o grupo era limitado. Tirou agua de akgumas pedras. Mas estao se esgotando fisicamente e pela idade. Ficamos com uns 10. Agregamos uns 10 guris (alguns ja sao titulares) e dispensamos de 6 a 8. Isso no final do ano. Contratamos outros 7 ou 8 e tetemos novamente um grupo forte. Nada de mudanças na direçao e no comando. Temos ainda a Libertadores e o Bradileirao. Nosso titulo este sera a compra definitiva da Atena. Um abraço aos gremistas. Muita calma nessa hora.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

21/9/2019










20/9/2019