Morre Jurandir, ex-jogador do Grêmio que ficou conhecido como "o homem que parou Falcão"

Aos 67 anos, o ex-atacante estava internado em um hospital em Porto Alegre, tratando de um câncer no fígado


Fonte: Gaúcha Tricolor

Luiz Ávila / Agencia RBS
Morreu na manhã desta quarta-feira (26), aos 67 anos, Jurandir, ex-jogador do Grêmio. Ele lutava contra um câncer de fígado e, nos últimos dias, estava internado no Hospital Santa Clara, em Porto Alegre. Ainda não foram divulgadas informações sobre o velório.

Apesar de ser ponta-esquerda, Jurandir se notabilizou por, em um Gre-Nal válido pelo Gauchão de 1979, quando deslocado para o meio-campo pelo técnico Orlando Fantoni, cumprir a missão de marcar Paulo Roberto Falcão, principal jogador do Inter. A improvisação deu certo e, com um empate em 0 a 0 no Beira-Rio, o Tricolor conquistou o turno e, posteriormente, o título estadual. Por isso, o nome de Jurandir era sempre precedido pela frase: "o homem que parou Falcão".

— Se o Falcão fosse para o banheiro, a ordem era ir junto — declarou ele anos depois.

Além do Grêmio, Jurandir também defendeu Novo Hamburgo, Caxias, Brasil-Pel e Avaí. Depois de encerrar a carreira, trabalhou como assessor de Tarciso Flecha-Negra na Câmara de Vereadores de Porto Alegre. Desde a morte do ex-atacante, passou a atuar no gabinete do também vereador Cassiá Carpes.


VEJA: Clique aqui e veja as promoções que a Network BG preparou para você acompanhar todos os jogos da temporada

LEIA TAMBÉM: Renato tem renovação para 2020 próxima de ser concretizada

Clique aqui e confira séries, comentários, filmes e tudo sobre futebol! Teste agora!<\a>



Comentários




Leia também

8/12/2019







7/12/2019