Torcedor negro prestará depoimento em caso de injúria racial

Dia mais importante para a investigação será quinta-feira, quando a torcedora Patrícia Moreira, flagrada chamando o goleiro santista de macaco, deve ser ouvida


Fonte: Diário Gaúcho

Foto: Reprodução, ESPN

Mais dois torcedores serão ouvidos pela polícia sobre o caso de racismo na Arena nesta quarta-feira. O comissário Lindomar de Souza, chefe de investigações da 4ª Delegacia de Polícia de Porto Alegre, não divulgou os nomes dos gremistas que prestarão depoimento, mas adiantou que ambos foram identificados em imagens gravadas no estádio e seriam integrantes da Geral do Grêmio. Um deles seria um torcedor negro que teria participado do ato de injúria contra o goleiro Aranha.

Pela manhã, os policiais ouviram Rodrigo Rysdyk, o Alemão, líder da Geral. O depoimento de Alemão, que durou cerca de uma hora, ajudou no reconhecimento de outros torcedores que aparecem nas gravações. Novas pessoas devem ser intimadas nos próximos dias.

Segundo Souza, no entanto, o dia mais importante para a investigação será quinta-feira, quando a torcedora Patrícia Moreira, flagrada chamando o goleiro santista de macaco, deve ser ouvida pela polícia. Um esquema de segurança será montado para proteger a integridade física da jovem, que recebeu ameaças depois do episódio no jogo entre Santos e Grêmio.

Por indicação de Jorge Jesus, Benfica faz contato por Everton

[COMENTE] O Grêmio deve investir na contratação do lateral Diogo Barbosa?





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

5/8/2020



4/8/2020


Gre-Nal - 18:26 (0)

Agora é Gre-Nal