Líder da Geral presta depoimento em delegacia de Porto Alegre

Rodrigo Rysdyk, o Alemão, foi intimado para ajudar na identificação de torcedores


Fonte: Diário Gaúcho

Foto: Ronaldo Bernardi

Intimado para ajudar a polícia a identificar torcedores envolvidos nos atos de racismo contra o goleiro Aranha na Arena, Rodrigo Rysdyk, o Alemão, líder da Geral do Grêmio, chegou à 4ª Delegacia de Polícia de Porto Alegre por volta das 8h20min desta quarta-feira. Acompanhado de seu advogado, ele foi encaminhado para prestar depoimento. Alemão é o primeiro a ser ouvido pelos policiais nesta quarta-feira. Mais tarde, dois outros torcedores devem depor sobre o episódio de racismo no jogo Grêmio x Santos, na semana passada.

Na terça-feira, dois torcedores prestaram esclarecimentos na 4ª DP. Rodrigo Rychter admitiu estar no setor da Geral, mas negou ter xingado o goleiro santista. Já o estudante Tiago Bulzing disse que assistiu à partida do quarto anel, e, portanto, não teria como estar envolvido no caso. Mais tarde, ele desabafou em seu perfil no Facebook, dizendo que pretende se desassociar do clube.

Nesta quarta, a partir das 14h, o Grêmio será julgado pelo STJD pelo episódio de racismo na casa tricolor. O time pode ser excluído da Copa do Brasil.

Flagrada chamando o goleiro Aranha de macaco, Patrícia Moreira da Silva deve ser ouvida na quinta-feira.



Grêmio decide rescindir contrato de André e centroavante deixa o Tricolor; veja a nota

Obrigado, Everton! Rumo ao Benfica, deixe sua mensagem de boa sorte ao atacante que deixa o Tricolor Gaúcho





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

8/8/2020










7/8/2020