Filho de Aranha se revolta e diz: "orgulho de ter pai negro"


Fonte: Terra

Além de jogadores, dirigentes, treinadores e torcedores de Santos e Grêmio, outra pessoa indiretamente envolvida no caso dos atos racistas cometidos contra o goleiro Aranha se manifestou na noite desta quinta-feira. Bernardo, enteado que o jogador considera filho, postou um desabafo nas redes sociais para seus 7 mil seguidores. Junto com o texto, o garoto colocou uma foto de um momento de alegria ao lado do pai.

"Já cansei disso, que palhaçada! Até quando? Isso vai acabar? Eu tenho orgulho de ter um pai negro", escreveu Bernardo, que utiliza o codinome "Aranha Jr" nas redes sociais e é conhecido de jogadores e funcionários do Santos por frequentar os treinos acompanhado do pai e treinar com os profissionais do clube para se seguir os passos de Aranha.

Durante o jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, nesta quinta-feira, Aranha foi hostilizado por um grupo de torcedores atrás do gol da Arena do Grêmio. Na ocasião, o santista tentou chamar a atenção da imprensa e do árbitro Wilton Pereira Sampaio para os gritos e gestos e saiu de campo aparentando transtorno.

O goleiro decidiu não prestar queixa em Porto Alegre, mas ganhou apoio da diretoria do clube e de jogadores do Santos e do Grêmio. Também pelas redes sociais, o clube postou uma mensagem sobre o episódio: "O racismo é inadmissível. Mas se ainda existe, vamos combater! Obrigado pelo apoio; esporte também é cumplicidade!".

Grêmio decide rescindir contrato de André e centroavante deixa o Tricolor; veja a nota

Obrigado, Everton! Rumo ao Benfica, deixe sua mensagem de boa sorte ao atacante que deixa o Tricolor Gaúcho





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

8/8/2020










7/8/2020