Além do racismo: torcedores são punidos por incidentes na Arena

Ocorrências não tiveram relação direta com insultos a goleiro; alvo de racismo, Aranha será intimado a representar queixa, de acordo com juíza Viviane de Faria Miranda


Fonte: Globo Esporte

Policiais são chamados para evitar invsão de campo (Foto: Diego Guichard/GloboEsporte.com)

A partida entre Grêmio e Santos, realizada na noite desta quinta-feira, extrapolou as quatro linhas por conta de variados conflitos. Ao final da noite, três torcedores foram julgados e punidos no Juizado Especial Criminal do próprio estádio. No entanto, o goleiro Aranha não prestou queixa por ato racista oriundo da torcida gremista.

Um dos torcedores levou dez jogos de punição por “conduta inconveniente”, ao tentar ultrapassar a grade de proteção que separa arquibancada do campo (assista ao vídeo). Como pena, terá de comparecer a Delegacia de Pronto Atendimento durante jogos do Grêmio.

Outro foi julgado por ter arremessado um telefone celular ao gramado e ficará proibido de frequentar estádios pelo período de um mês. Já um torcedor santista, que estava banido de partidas do clube paulista, tentou ingressar na Arena, mas fora identificado pela polícia e acabou denunciado pelo Ministério Público por “desobediência”.

O goleiro Aranha optou por não prestar queixa após ser vítima de racismo. No entanto, será intimado a representar denúncia.
- Ele precisa vir aqui na delegacia e representar queixa. Se o goleiro não vem, a delegacia vai intimá-lo para que venha representar - afirma a juíza Viviane de Faria Miranda.

O final da partida teve momentos de tensão na Arena. Irritados com o placar, torcedores xingaram o arqueiro santista e tentaram invadir o gramado. Um grupo chegou a abrir um dos portões que dá acesso ao campo. Orientadores do estádio tiveram de pedir apoio de seguranças para evitar a invasão. Policiais militares também foram chamados para se posicionar atrás do gol que era defendido pelo goleiro santista.

Durante a confusão, um torcedor lançou rolo de papel higiênico ao gramado. Com segurança reforçada, o conflito reduziu com o apito final. Do lado de fora do estádio, um grupo de 20 torcedores ainda tentou invadir a área do estacionamento que dava acesso a zona mista, forçando a grade de acesso. Também foram contidos por seguranças.

Grêmio decide rescindir contrato de André e centroavante deixa o Tricolor; veja a nota

Obrigado, Everton! Rumo ao Benfica, deixe sua mensagem de boa sorte ao atacante que deixa o Tricolor Gaúcho





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

8/8/2020










7/8/2020