Grêmio amarga eliminações contra Robinho e liga alerta:

Atacante santista eliminou time gaúcho pelas semifinais do Brasileirão de 2002 e Copa do Brasil de 2010. Recuperado de estiramento, jogador deve ser titular quinta


Fonte: Globo Esporte

Robinho treinou normalmente nesta terça
(Foto: Ivan Storti / Divulgação Santos FC)



Enfrentar Robinho em fases de mata-mata não é sinônimo de sucesso para o Grêmio. Em dois confrontos, pelas semifinais do Brasileirão de 2002 e Copa do Brasil de 2010, o Tricolor acabou deixando as competições. A chance de revanche iniciará a partir das 20h desta quinta-feira, quando Tricolor e Santos fazem novo confronto de ida pelas oitavas da Copa do Brasil.

Os jogadores gremistas tratam com respeito o craque adversário. O zagueiro Werley, por exemplo, chama o atacante santista de "diferenciado".

- Tive oportunidade de enfrentá-lo em 2010 (pelo Atlético-MG). É diferenciado, muito inteligente e rápido. É um jogador em que é necessário sempre ter um na sobra. Não só o Robinho, o Santos tem uma grande equipe. Precisamos trabalhar bastante para que possamos marcar bem e diminuir as oportunidades deles - analisa Werley.

Novo lateral-esquerdo titular, Zé Roberto sabe que Robinho deverá atacar pela ponta direita. E, quem já teve convivência com o jogador em tempos de Seleção, já se diz vacinado contra pedaladas.

- Se ele atacar por ali, sei que vai tentar as pedaladas. Não adianta tentar dar o bote. É preciso estar ligado o tempo todo contra um jogador da qualidade dele. Tem muito recurso e pode fazer um improviso a qualquer momento - opina.

Ao todo, Robinho já enfrentou o Grêmio sete vezes, tendo três vitórias, um empate e três derrotas. O atacante marcou três vezes contra o clube gaúcho - todos em confrontos de mata-mata em que a equipe paulista se sagrou campeã.



Menino da Vila decisivo

Na segunda passagem de Robinho pelo Santos, o atleta fora fundamental nos confrontos entre Grêmio e Peixe pela Copa do Brasil, em 2010. No duelo de ida, o Grêmio de Silas vencia por 4 a 2 quando Robinho recebeu lançamento de Ganso, dominou no peito e bateu no ângulo, sem deixar a bola tocar no gramado: 4 a 3.
Na Vila Belmiro, Robinho mais uma vez brilhou pelo badalado time santista que tinha Neymar no ataque. Marcou na vitória por 3 a 1, garantindo vaga para a equipe de Dorival Júnior.


Início do Rei das Pedaladas

Em 2002, um jovem Robinho se mostrava para o Brasil com suas pedaladas pelo Santos. A parceria com o meia Diego levou o clube para a fase semifinal do Brasileirão. O time de Emerson Leão logo tratou de encaminhar vaga no confronto de ida, quando a equipe atropelou o Grêmio por 3 a 0, com direito a golaço de Robinho em Danrlei. Recebeu lançamento por cima da zaga e aplicou um tipo de voadora na bola para encobrir o goleiro.

Rodrigo Fabri bem que tentou, deu a vitória simples para o Grêmio no duelo de volta, no Olímpico, mas não fora o suficiente. O time de Tite não mostrava força para recuperar a vantagem obtida pelo rival paulista.

O nome de Robinho somente será confirmado por Oswaldo de Oliveira instantes antes da partida das 20h desta quinta, na Arena. Recuperado de lesão, o atacante retornou aos treinamentos na manhã de terça-feira – exatamente uma semana depois de sofrer um estiramento na coxa direita.


Grêmio decide rescindir contrato de André e centroavante deixa o Tricolor; veja a nota

Obrigado, Everton! Rumo ao Benfica, deixe sua mensagem de boa sorte ao atacante que deixa o Tricolor Gaúcho





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

8/8/2020










7/8/2020