OFF - Gremista batizado de Dalessandro sonha virar jogador

Menino de 10 anos é habilidoso, canhoto, mas convive com brincadeira de colorados


Fonte: Globo Esporte

Baixinho, habilidoso, canhoto, artilheiro e possível craque. As características são de D'Alessandro, mas não do meia colorado e sim de um pequeno gremista de Fortaleza Dos Valos, cidade de 5 mil habitantes localizada na região noroeste do Rio Grande do Sul.

Dalessandro Facco, de 10 anos, foi batizado com o nome em homenagem ao argentino, sem que ninguém da família imaginasse que, um dia, ele vestiria as cores do Inter.

A escolha do nome partiu do agricultor Júnior dos Santos Facco, de 41 anos, pai de Dale. "Gremistão", como ele mesmo diz, e amante de futebol, tinha duas opções de batismo para o filho: Riquelme ou D'Alessandro. Optou pelo segundo.

- Quando soube que minha esposa (Raquel) estava grávida, tinha pensado em duas sugestões de nomes. Na época, o D'Alessandro jogava no Zaragoza, da Espanha. Eu era fã dele. Após quatro anos, veio parar aqui no Inter. Não esperava - afirma Júnior ao GloboEsporte.com.

O nome do garoto faz a rivalidade Gre-Nal da família gremista dar trégua para o principal algoz recente do Grêmio em clássicos. Na última quinta-feira, o pequeno Dale foi até o CT do Parque Gigante e conheceu o meia argentino, pessoalmente.

- Ele gosta muito do D'Alessandro, da entrega dele em campo. O próprio D'Alessandro ficou espantado e impressionado (com a história). Ele foi muito atencioso e deu uma camisa do Inter de presente - conta o pai.

O nome de boleiro faz jus ao futebol do garoto. O pequeno Dale passou a última semana em Porto Alegre para fazer testes na escolinha de futsal do Barcelona. E as coincidências com o meia colorado não param por aí.

- Todo mundo na família é destro e meu filho é canhoto. Ele sempre se destaca nas competições - elogia Júnior.

Rebuliço nas redes sociais

O nome do menino gerou rebuliço nas mídias sociais na época da Copa do Mundo. Na companhia do pai, o garoto foi assistir à partida entre Argentina e Nigéria, em de junho, no Beira-Rio.
O menino estampou o "gremismo" com uniforme tricolor para assistir ao confronto da Copa do Mundo. No entanto, um detalhe: atrás da camiseta estava escrito "Dale". A imagem circulou nas redes como se fosse um gremista fã de D'Alessandro - algo impensável para o universo azul, preto e branco. No entanto, tratava-se apenas do nome dele.

- Eu achei meio chato porque ele é só uma criança. Eles diziam (nas redes sociais) que era falta de ídolo. Mas nós sabemos o verdadeiro significado, que é por causa do jogador, quando nem jogava no Inter. Quando ele diz o nome, já diz "Dale, do Grêmio" - revela a irmã Mariliza Facco.

O pequeno Dale seguirá alvo de piadas de colorados por conta da rivalidade gaúcha, ainda mais em semana Gre-Nal. Para ele, o mais importante é seguir os passos do argentino no futebol para um dia, quem sabe, ficar famoso como o "Dalessandro do Grêmio".

Garoto Dalessandro conhece e tira foto com D'Alessandro (Foto: Arquivo Pessoal)


PALMEIRAS CAMPEÃO MUNDIAL? SÃO PAULO CAMPEÃO DA COPA DO BRASIL? PALPITES PARA O ANO DE 2020

VEJA: Clique aqui e veja as promoções que a Network BG preparou para você acompanhar todos os jogos da temporada

LEIA TAMBÉM: Grêmio nega propostas de saída por Jean Pyerre e Everton

Clique aqui e confira séries, comentários, filmes e tudo sobre futebol! Teste agora!<\a>



Comentários




Leia também

23/2/2020







CAMPEONATO GAÚCHO - 11:51 (3)

Grêmio foca na continuidade do Campeonato



22/2/2020








CAMPEONATO GAÚCHO - 18:55 (0)

Confira os lances de Caxias 1x0 Grêmio