Em coletivo de reservas, Felipão escala Zé Roberto na lateral esquerda

Primeiro treinamento do novo técnico não teve a participação dos jogadores que enfrentaram o Vitória


Fonte: Diário Gaucho

Foto: Mauro Vieira / Agencia RBS

Pouco depois das 15h30min desta segunda-feira, Luiz Felipe Scolari subiu ao gramado principal do Estádio Olímpico para comandar o primeiro treino do Grêmio após seu retorno. Sob chuva, cerca de 300 pessoas aplaudiram das arquibancadas o treinador multicampeão na década de 90 naquele mesmo palco.

Felipão conversou com os auxiliares Flávio Murtosa, Ivo Wortmann e André Jardine no meio do campo. Murtosa distribuiu coletes e separou as equipes, apenas com jogadores que não saíram jogando contra o Vitória, enquanto os titulares apenas correram em volta do gramado.

A equipe sem coletes teve Tiago; Matías Rodriguez, Rafael Thyere, Bressan e Zé Roberto; Fellipe Bastos, Ramiro, Walace e Alán Ruiz; Fernandinho e Lucas Coelho. O time com coletes foi escalado com: Busatto; Tinga, Werley, Lucas Costa e Marquinhos Pedroso; Araujo, Artur, Jean Deretti, Maxi Rodríguez e Rodriguinho; Everton.

Felipão parou várias jogadas e conversou com os atletas, principalmente com Fellipe Bastos, que orientou bastante os companheiros. O meia Zé Roberto atuou na lateral esquerda, o que o torna uma opção para o Gre-Nal de domingo pelos lados do campo. Quem se destacou foi o meia Alán Ruiz.

Na semana Gre-Nal, Felipão terá de injetar ânimo no time do Grêmio
Abel e Felipão se reencontram em Gre-Nais após 19 anos

A primeira parte dos trabalhos teve vitória do time sem coletes por 2 a 1, com gols de Lucas Coelho e Fernandinho. Everton marcou para o time de colete. Na segunda etapa, Jean Deretti, Rodriguinho, Lucas Costa e Walace deixaram o treino, e Felipão colocou vários jogadores da equipe sub-20. Werley passou para o time sem coletes, que ficou configurado em um 3-5-2.

Em certo momento, o treinador parou o jogo e mostrou que os dois alas deveriam se juntar aos zagueiros na saída de bola, assim como os volantes, fechando, assim, sete jogadores antes do meio de campo.

— Aí sobra o Alán Ruiz para se movimentar — disse Felipão.

Em seguida, Matías Rodriguez apareceu livre pela direita, mas não recebeu a bola. O técnico fez soar o apito e chamou a atenção do argentino:

— Pede a bola, Matías! Senão não adianta ala!

Fellipe Bastos, Zé Roberto e Alán Ruiz treinaram cobranças de falta, com desempenho satisfatório. Felipão encerrou o trabalho por volta das 17h.

Grêmio se afunda ainda mais em noite terrível no Chile e sente clamor por mudanças

Grêmio é recebido com protesto na Arena após derrota na Libertadores





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

18/9/2020












17/9/2020