Grêmio fecha contrato 'em guardanapo' e vê 'garra e gana' em Felipão

Presidente Fábio Koff não confirmou tempo de contrato do novo treinador e afirmou que o documento será redigido em Porto Alegre, com a chegada de Scolari


Fonte: LanceNet!

Koff e Felipão foram flagrados pelo L!Net em São Paulo (Foto: Gabriela Abrunheiro)

A reunião entre Fábio Koff e Luiz Felipe Scolari aconteceu em um restaurante na zona oeste de São Paulo. O encontro, flagrado pela repórter Gabriela Abrunheira, resultou no acerto com o treinador e seu consequente retorno ao clube depois de 18 anos. Sem contrato redigido, tudo foi acordado em um guardanapo de restaurante, segundo o presidente Fábio Koff.

Tanto é que o mandatário gremista não quis revelar o tempo de contrato com Felipão. Disse que não há um documento que defina isso. Há um acerto verbal, que será formalizado nesta quarta-feira, com sua chegada em Porto Alegre. O jornalista Paulo Vinícius Coelho, da ESPN, revelou que o vínculo terá dois anos e meio. Algo que o presidente não quis confirmar.

Os contatos iniciaram ainda na noite de domingo, segundo Koff. Depois de acertar a saída de Enderson, o presidente ligou para o amigo Felipão. Ambos continuaram a conversa na segunda-feira. E nesta terça, acompanhado do advogado Gabriel Vieira, fecharam os detalhes em São Paulo. A intenção de Koff era ter Felipão antes.

- O Felipão estava sendo procurado muito antes de ir para a Seleção. Teve problema da Seleção e não pode vir. Passamos para a alternativa do Enderson, que não deu os resultados que nós queríamos, mas em um período bom de entrosamento da base e profissional. Fui para casa no domingo e a partir daquele momento, entrei em contato com o Felipe. Foi quando começou. Adiantamos quase todos os detalhes. O nosso acerto foi redigido em um guardanapo de restaurante - sorriu Koff, em entrevista para a Rádio Guaíba, no aeroporto de Porto Alegre.

O clima visto por Koff em Felipão animou o mandatário. Após a goleada por 7 a 1 sofrida pela Alemanha, o maior vexame da história da Seleção Brasileira, o gremista vê motivação para mostrar serviço.

- Senti vontade nos olhos, aquela garra e gana, vontade de vencer. Estava perfeitamente informado sobre o elenco do Grêmio, tem acompanhado os jogos do Grêmio. Foi um desfecho relativamente fácil por uma contratação perseguida desde o ano passado. Felizmente deu certo - completou o presidente.

Felipão será apresentado oficialmente na manhã desta quarta-feira, na Arena, a partir das 11h. O treinador gremista comanda o treino da tarde, na Arena, com o setor norte, com capacidade para 5 mil pessoas, aberto para a presença de público. A estreia do treinador acontecerá no Gre-Nal.

Grêmio se afunda ainda mais em noite terrível no Chile e sente clamor por mudanças

Grêmio é recebido com protesto na Arena após derrota na Libertadores





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

19/9/2020











18/9/2020