Tite pensa em clube europeu e se prepara para isso. Ele não será o novo treinador do Grêmio


Fonte: ESPN

Tite foi campeão da Copa do Brasil e do Gaúcho em 2001 com o Grêmio

Tite não será o novo técnico do Grêmio. O clube gaúcho já tem consciência disso e julga inviável contratar o treinador campeão mundial pelo Corinthians. Nem a relação íntima de Tite com o Grêmio muda seus planos de se preparar nos próximos meses para trabalhar em breve num grande clube europeu. Seu interesse é ser daqui a alguns anos um dos quatro ou cinco melhores treinadores do mundo. Para isso, viajou aos Estados Unidos para aprimorar seu inglês e tem estudado a maneira como atuam os principais clubes da Europa, em especial os da Premier League.

Amigos do treinador garantem que Tite nem sequer aceitaria se houvesse convite da seleção brasileira, depois da Copa do Mundo.

Sem Tite, a tendência é que o Grêmio procure Luiz Felipe Scolari para substituir Enderson Moreira. A situação para contratar Felipão também não é simples. A boa relação com o presidente Fábio Koff pode pesar, mas o mais provável é que Felipão não aceite o pedido e prefira descansar nos próximos meses. Há o desgaste da saída da seleção brasileira e a dificuldade de ser campeão brasileiro.

O sonho da torcida do Grêmio é voltar a ganhar um título nacional e isso parece impossível neste Brasileirão. O que se desenha é a recusa de Felipão e que o Grêmio procure outro técnico experiente no mercado. A idéia não é repetir a contratação de um treinador ascendente, como o clube fez com Enderson Moreira.

Grêmio divulga balanço financeiro dos meses de janeiro a março de 2020

Leia também: Grêmio quer fatia de R 120 milhões milhões de parceiros para vender Cebolinha ao Napoli





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

3/6/2020


2/6/2020