Enderson adia pauta Gre-Nal e volta a admitir pressão: "Ninguém vai aliviar"

Técnico minimiza goleada sofrida pelos titulares em treino tático: "É natural"


Fonte: Globo Esporte

Enderson Moreira comanda treino do Grêmio (Foto: Diego Guichard)

Há uma expectativa – ou pressão – da torcida e diretoria por evolução no time do Grêmio para o confronto contra o Coritiba, neste domingo. Em coletiva após o treino desta sexta-feira, o técnico Enderson Moreira discorreu sobre o momento da equipe: com defesa sólida, mas com dificuldades no ataque. Por alguns momentos, houve certa tensão na entrevista, quando ele foi questionado sobre necessidade de vitória no próximo Gre-Nal, que ocorrerá pela 14ª rodada.

Enderson voltou a falar da responsabilidade em treinar um clube como o Grêmio. Reiterou trabalhar sob pressão, mas desde que assinou com o clube gaúcho.

- Primeiro, não sabia que minha responsabilidade tinha aumentado agora. Não me avisaram. A responsabilidade do treinador é a partir do momento em que se pisa no clube. Ninguém vai aliviar.

Tem que estar preparado, no momento bom e ruim. Não existe sucesso eterno e fracasso eterno. O importante é ter convicções e não ficar de alguma forma mudando a equipe - discursa.

A resposta de Enderson tem relação a uma declaração do membro do conselho de administração Nestor Hein. Em entrevista à Rádio Gaúcha na noite de quinta-feira, o dirigente falou em "obrigação" de vitória no Gre-Nal.

- Temos mais dois jogos antes do Gre-Nal e estou preocupado com o próximo. O contrato é renovado a cada jogo. Já fomos considerados nessa temporada a melhor equipe do Brasil (por comentaristas).

Nem por isso nos empolgamos. Me comprometo a fazer o melhor possível para o Grêmio. A partir do momento que o clube desejar uma troca, eles têm autonomia - complementa.

"Treino é treino"

Fernandinho será novidade contra o Coxa
(Foto: Diego Guichard)


No treinamento tático realizado na quarta-feira, os reservas golearam os titulares por 7 a 0. O treinador minimizou o fato e também lembrou da melhora do grupo principal no coletivo de quinta, quando houve vitória por 3 a 0.

- Deixamos os jogadores do time adversário com algumas vantagens. Para um treinador que tem 15 anos de trabalho, isso já aconteceu, é natural. Já houve casos em outras equipes em que o time sub-20 venceu e, nem por isso houve inversão (no sentido de troca da equipe). São algumas situações podem acontecer - destaca.

Para o confronto deste domingo, Fernandinho será a principal novidade da equipe. Atuará ao lado de Giuliano e Luan, com liberdade para se aproximar e servir Barcos.

Conforme os treinamentos da semana, o Grêmio atuará com: Marcelo Grohe; Pará, Rhodolfo, Geromel e Saimon; Riveros, Ramiro, Luan, Giuliano e Fernandinho; Barcos.

Grêmio e Coritiba se enfrentam às 18h30 de domingo, na Arena. O confronto é válido pela 12ª rodada. Atual sétimo colocado na tabela, com 19 pontos, o Tricolor precisa da vitória para ter chences de ingressar no G-4.

Grêmio se afunda ainda mais em noite terrível no Chile e sente clamor por mudanças

Grêmio é recebido com protesto na Arena após derrota na Libertadores





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

19/9/2020











18/9/2020