Diretor do Grêmio chama a "responsa" e abre o jogo sobre o "Caso Kannemann"


Fonte: Portal do Gremista

Foto: Reprodução
O futuro do zagueiro Walter Kannemann é um dos principais assuntos nos bastidores do Grêmio. O experiente defensor, peça importante em títulos de peso nos últimos anos, tem contrato somente até o fim de dezembro e a situação ainda não foi definida. O Tricolor quer manter o jogador, de 31 anos, no elenco, mas o estafe não está satisfeita com as condições financeiras apresentadas pela gestão do presidente Alberto Guerra.



Na tarde desta quarta-feira (7), em entrevista à Rádio Bandeirantes, o diretor de futebol do Imortal, Antônio Brum, abriu o jogo sobre a negociação com o gringo. A expectativa é que o assunto seja resolvido logo e a “bola”, no momento, está com o jogador.

“Ainda sem novidade, mas ainda hoje poderemos ter atualizações“, disse. “A bola está com o Kannemann”, adicionou o dirigente.

Estafe de Kannemann dificulta negociação
Apesar do desejo exposto de estender o vínculo do medalhão, o Grêmio evita qualquer tipo de “loucura” financeira. Enquanto estafe quer manter o salário atual do jogador, de cerca de R$ 1,1 milhão mensais, a diretoria já realizou mais de uma oferta para contornar a situação. Até mesmo o técnico Renato Portaluppi está empenhado nas tratativas.



“A gente tem a convicção que queremos manter o jogador, já flexibilizamos mas também temos limites“, completou Brum.

Grêmio, Kannemann, Diretor, Renovação, 2023

VEJA TAMBÉM
- Roger Flores comenta estreia promovida por Renato no time do Grêmio: “Não é qualquer jogador”
- Torcidas de Grêmio e São José entram em confronto antes de jogo do Gauchão
- Atuações: Galdino e Bitello melhoram o Grêmio e são os melhores em vitória





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

30/1/2023














29/1/2023