STJD pune Grêmio com a perda de três mandos de campo

Tricolor foi julgado nesta terça-feira pelo tribunal por conta das confusões no empate por 2 a 2 com o Cruzeiro; clube diz que vai recorrer da decisão


Fonte: gremioavalanche.net

O Grêmio foi julgado nesta terça-feira pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por conta da briga entre torcedores no empate por 2 a 2 com o Cruzeiro, pela 25ª rodada da Série B. O Tricolor foi punido com a perda de três mandos de campo, além de multa de R$ 100 mil.



O departamento jurídico do clube gaúcho já informou que vai recorrer da decisão e buscar um efeito suspensivo ainda nesta terça, para que a pena não seja cumprida até o julgamento do recurso no Pleno do STJD.

Caso não obtenha sucesso, a partida desta terça-feira contra o Sport pode ser a última do time na Arena. O Tricolor tem mais quatro jogos em casa até o fim da Série B, e as três partidas restantes teriam que ser disputadas a 100 quilômetros de Porto Alegre.

– Não era previsível, o Grêmio fez 19 identificações e entendia que a pena excludente, que se aplica para todo mundo, poderia ser aplicada para o Grêmio também. Vamos reformular o recurso e buscar o efeito suspensivo. Tem situações de brigas generalizadas anteriores em estádios que ainda não foram julgadas. Há muitos interesses em jogo e precisamos atuar com cautela de modo a preservar os nossos interesses – comentou o presidente Romildo Bolzan antes do jogo contra o Sport.

O Grêmio foi denunciado pela Procuradoria nos artigos 211 (deixar de garantir segurança para a realização da partida) e 213 (deixar de tomar providências para prevenir desordens). Foi absolvido no primeiro e punido no segundo por maioria dos votos pelos auditores da Segunda Comissão Disciplinar.

A briga de torcidas do Grêmio foi relatada em súmula pelo árbitro Bráulio da Silva Machado, que paralisou o jogo em dois momentos distintos ao longo do primeiro tempo.

– Informo que aos 27 minutos do primeiro tempo o jogo foi paralisado por 3 minutos, e aos 33 minutos do primeiro tempo retornou a ser paralisado por 4 minutos, sendo que em ambas paralisações o motivo foi por um confronto generalizado entre torcedores que estavam na área destinada à equipe mandante. Informo ainda que em ambos momentos foi necessário a intervenção da polícia para acabar com o confronto. Após o jogo fomos informados pelo comandante do policiamento que os envolvidos foram detidos e identificados – diz o texto.

O clube gaúcho também foi punido pelo Juizado do Torcedor com a interdição da Arquibancada Norte da Arena, setor onde ocorreu a briga, e a suspensão das torcidas organizadas, mas recorreu e conseguiu liberar o espaço no estádio para ser frequentado pelos seus torcedores.

Os jogos em casa do Grêmio na Série B
20/09 - Grêmio x Sport
04/10 - Grêmio x CSA
16/10 - Grêmio x Bahia
a definir - Grêmio x Brusque



VEJA TAMBÉM
- Cuiabá rejeita proposta inicial do Grêmio por Pepê
- Chutado pelo Grêmio, defensor convocado por Scaloni na Argentina surpreende: “Pode pintar no Inter”
- Grêmio toma decisão final sobre Biel e Fluminense é comunicado; R 10,5 milhões viram pauta





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

30/11/2022


















29/11/2022