Ovacionado, Renato reestreia no Grêmio pragmático para brigar pelo acesso


Fonte: UOL

O reencontro de Renato Gaúcho com a torcida do Grêmio foi o melhor possível. Além de ter sido sua primeira estreia com vitória no clube, o apoio veio desde que os nomes foram anunciados no telão.



No caso do técnico, os aplausos duraram mais de um minuto. Uma verdadeira volta por cima desde seu pedido de demissão, em abril de 2021, após o Tricolor gaúcho ser eliminado na Libertadores, e ele sofrer uma avalanche de críticas e cobranças. Águas passadas. Ontem, o que não faltaram foram aplausos no reencontro. Cerca de 50 mil pares de mãos gremistas, demonstrando com o gesto sua esperança de, enfim, voltar à prateleira mais alta do futebol nacional.

No jogo, o time entregou conforme a expectativa do técnico, que assumiu o grande objetivo da temporada de retornar à Série A. Agora com 50 pontos, o Grêmio tem um a menos que o Bahia, vice-líder da competição, e —segundo o Departamento de Matemática da UFMG— tem 91,1% de chance de acesso. "Quero parabenizar o torcedor aqui, desde a minha chegada no aeroporto. Deram uma aula de incentivo, e isso o grupo precisava. Independentemente de quem começa a partida e quem entra. O importante é apoiar.

O objetivo do torcedor é o nosso aqui. Falei: 'Tem 50 mil lá fora, o reflexo da torcida é o time em campo". Se jogaram junto, é porque o time estava tendo a entrega", avaliou o técnico durante durante a coletiva pós-jogo. Em campo, ontem, um tanto de emoção e outro tanto de pragmatismo —que, afinal, nunca faz mal no futebol. O jogo começou tenso, com gol do Vasco nos primeiros minutos. Antes dos 20 minutos da primeira etapa, no entanto, a equipe gaúcha já havia conseguido a virada, com Bitello e Thaciano.

Depois, o time conseguiu manter a superioridade, segurando as investidas dos adversários. Foram poucas chances construídas pelos cariocas e, exceto em uma falta que Nenê cobrou na trave, o goleiro Brenno e a defesa se mantiveram seguros.

Ao fim da partida, muita comemoração e mais palmas para Renato, que deixou clara sua estratégia para realizar o sonho dos gremistas. "Foi apenas essa semana, pouco tempo para treinar e para ajustar. Ainda vou colocar algumas coisas que quero na equipe, mas está de bom tamanho. Foram três pontos importantíssimos. Quando cheguei, eu falei que a gente não vai jogar bonito, não vai dar espetáculo. Se tiver que acontecer isso, ótimo, mas eu quero os três pontos sempre. Quero a pontuação para a gente subir para a Série A. O importante é a gente brigar com nosso adversário, ter a entrega", complementou.



Ou seja, o jogo bonito, segundo ele, será consequência da busca pela vitória. Segundo a UFMG, apesar de já ter praticamente garantido o acesso, o Grêmio tem poucas chances de ser campeão. No momento, o Cruzeiro lidera essa estatística, com 98.1%, enquanto Bahia (1.4%) e Grêmio (0.53%) vêm logo atrás. A equipe gremista se reapresenta nesta segunda-feira e começa a preparação para a partida de sexta (16), contra o Novorizontino, fora de casa. Os dois times jogam na próxima sexta-feira (16). O Vasco enfrenta o Náutico às 19h, em casa, enquanto o Grêmio viaja para enfrentar o Novorizontino às 21h30.

VEJA TAMBÉM
- [ENQUETE] Com o elenco atual, em que parte da tabela do Brasileirão o Grêmio briga?
- Situação de goleiro argentino tem reviravolta e Grêmio tenta dar chapéu no Flamengo
- Croácia x Brasil: onde assistir, horário do jogo e escalações





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

9/12/2022












EX-RIVAL A CAMINHO? - 16:21 (0)

Bomba: Grêmio negocia com ex-craque do Inter











8/12/2022


















Grêmio volta com caras novas e expectativa por mais reforços - 12:32 (0)

Grêmio volta aos trabalhos nesta quinta-feira com caras novas e expectativa por mais reforços