Felipão vai de demitido do Grêmio e um dos culpados pela queda à Série B para uma final de Libertadores

Relembre a última passagem pelo Imortal do histórico treinador


Fonte: gremioavalanche.net

O torcedor gremista que acompanhou a semifinal da Libertadores entre Palmeiras 2×2 Athletico nesta terça-feira, em pleno Allianz Parque, saiu orgulhoso do que fez o técnico Felipão, indo para a sua quarta final na história da competição – nenhum outro brasileiro conseguiu essa marca até hoje.



Campeão pelo próprio Grêmio na Libertadores de 1995, Felipão retornou ao clube em 2021 na dura missão de tentar livrar o time do rebaixamento. Não conseguiu e foi sacado do cargo depois de uma derrota de 1×0 fora, para o Santos, dando lugar a Vagner Mancini.

Para trazer ainda mais bastidores de tal saída, o jornalista Vagner Martins relatou que Felipão diagnosticou a necessidade de “reoxigenação” do elenco, mas não teve o barulho comprado pela direção:

“O Felipão entendia que era precisa reoxigenar o vestiário e retirar lideranças tóxicas do elenco. Isso chegou na direção e no então vice de futebol Marcos Herrmann. O Felipão entendia que Diego Souza e Rafinha fossem desligados. Algo que gerou polêmica danada. Teve jogador negando, rebatendo. A direção entendia esses jogadores como importantes e não foram afastados. E essa oxigenação o Grêmio não conseguiu fazer ainda”, disse Vagner, no YouTube.

Recentemente, durante uma partida do sub-20 do Athletico na Arena da Baixada, Felipão foi flagrado compartilhando pelo celular com amigos próximos a notícia da volta de Renato Portaluppi ao Grêmio. O experiente treinador está na torcida para que o time gaúcho volte à primeira divisão o quanto antes.



VEJA TAMBÉM
- Cuiabá rejeita proposta inicial do Grêmio por Pepê
- Chutado pelo Grêmio, defensor convocado por Scaloni na Argentina surpreende: “Pode pintar no Inter”
- Grêmio toma decisão final sobre Biel e Fluminense é comunicado; R 10,5 milhões viram pauta





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

30/11/2022


















29/11/2022