1Win

"Torcedor do Grêmio é meu combustível", declara Roger

Técnico garantiu grupo motivado e disse que está à procura de time competitivo


Fonte: Correio do Povo

Torcedor do Grêmio é meu combustível, declara Roger
Roger garantiu grupo motivado e disse que está à procura de time competitivo | Foto: André Ávila

Multicampeão com o Grêmio nos anos 90, Roger Machado, que assumiu o papel técnico do clube, quer muito repetir em 2015 a trajetória do passado. O treinador, porém, acredita que não conseguirá ter êxito na Arena se não contar com o apoio do torcedor gremista. O apelo do comandante é para que a torcida abrace o time por um título.

"Eu preciso chamar o meu torcedor, que está carente de títulos. Eu desejo muito oferecer isso a ele, mas eu preciso que esteja ao meu lado. O torcedor do Grêmio é o meu combustível. Eu preciso dele na arquibancada", disse nesta quinta-feira em entrevista à Rádio Guaíba.

Roger admitiu que não estava nos seus planos assumir o Grêmio em 2015. O acordo com o clube foi mais um dos muitos acontecimentos precoces na sua carreira. "Eu já tinha traçado um plano para mim e até já tinha uma data para trabalhar como técnico do Grêmio. Isso, claro, não vou revelar. Mas como as coisas aconteceram de forma prematura na minha vida, aceitei o desafio. Mesmo com uma experiência relativa, eu acho que tenho muita a oferecer para o Grêmio", destacou.

Chegada ao vestiário

Roger garantiu que, ao chegar ao vestiário do Grêmio, não observou nada de ruim que precisasse de uma mudança imediata. "São estilos de trabalho e de personalidade diferentes. Quando há troca de comando, há imediatamente a remobilização dos jogadores, que são novamente inseridos dentro do contexto", explicou ao falar sobre a passagem de Felipão.

Segundo o técnico gremista, o seu trabalho no clube não iniciou do nada, principalmente pelo fato de Felipão já ter montado uma base. "Eu apenas identifiquei alguns aspectos que gostaria de trabalhar, mas eu não comecei do zero. Esses aspectos estão alicerçados dentro de um trabalho anterior. Felipão fez isso para que eu pudesse colocar um conceito que eu entendo como mais adequado", argumentou Roger.

O comandante gremista afirmou ainda que a sua gestão de vestiário teve receptividade entre os jogadores. Roger garantiu que os atletas estão motivados para defender o Grêmio. "A minha administração foi bem aceita e os jogadores mais jovens se identificam por conta da minha trajetória no clube. Fui colocado cedo para jogar e tudo isso gera uma sintonia que vai para dentro do campo", observou.

Ambições

Questionado sobre as ambições do Grêmio dentro do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil, Roger declarou que está à procura de um time intenso. "A gente está tentando fazer um grupo competitivo para brigar lá na frente, por Libertadores e, de repente, por algo mais. O nosso futebol e o empenho são os indicativos do lugar que podemos alcançar", finalizou.

VEJA TAMBÉM
- Grêmio perde para o Vasco em São Januário na estreia do Brasileirão
- Tricolor escalado para o jogo contra o Vasco
- Veja a provável escalação do Tricolor para o jogo de hoje





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

21/4/2024