Grêmio tenta contratação de Mateus Vital

Meia pertence ao Corinthians e está fora dos planos do clube paulista


Fonte: gremioavalanche.net

O Grêmio voltou a tentar a contratação de Mateus Vital. Clube e jogador voltaram a conversar na última semana depois da primeira tentativa em junho deste ano. Ele tem o perfil que o técnico Roger Machado considera ideal para comandar o meio de campo tricolor.



O presidente Romildo Bolzan Jr ainda não formalizou proposta por Mateus Vital. A negociação é considerada complexa devido aos altos valores em torno do jogador.

Por ora, o pedido salarial de Mateus Vital está acima do que o clube pode pagar. Atualmente, ele ganha R$ 230 mil por mês no Corinthians. O valor é ‘fatiado’ em R$ 60 mil na CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) e mais R$ 170 mil de direitos de imagem.

Além disso, o Grêmio não pretende empenhar dinheiro para contratá-lo. O mandatário tricolor espera que o jogador chegue a um denominador comum com o Corinthians a fim de rescindir amigavelmente seu contrato que termina em dezembro de 2023.

O Timão é dono de 85% dos direitos econômicos de Mateus Vital. O restante do passe pertence ao Vasco, clube formador do atleta, que recebeu US$ 5 milhões (R$ 26,8 milhões, à época) para negocia-lo em definitivo em 2018.

Ainda segundo apurou a reportagem, o Grêmio trata Mateus Vital como prioridade nesta janela de transferências. No momento, o clube não tem outro nome mapeado para a posição que possa chegar ainda nesta janela.

Recentemente, a diretoria tricolor tentou a contratação de Diego Ribas do Flamengo. Apesar de o clube carioca ter liberado camisa 10 para negociar sua saída, o capitão rubro-negro não chegou a um consenso sobre os salários e, com isso, os gaúchos desistiram do negócio.

Desde a chegada de Roger Machado, o Grêmio busca um meia de ligação que chegue com status de incontestável. Mateus Vital virou a prioridade da comissão técnica após a saída de Martín Benítez para o América-MG.

Indicado por Vagner Mancini, então técnico do Grêmio, no começo do ano, o argentino ficou devendo boas atuações na sua passagem pelo Rio Grande do Sul. Além das atuações abaixo das expectativas, o jogador acumulou uma série de problemas musculares.

A diretoria tricolor, inclusive, chegou a cogitar a rescisão de contrato a fim de devolvê-lo para o Independiente. Mas o acordo com o clube argentino previa multa de US$ 300 mil (R$ 1,5 milhão, pela cotação atual) pela quebra do acordo.



VEJA TAMBÉM
- “Eu gostaria de ficar, o Grêmio é minha casa”, revela Roger Machado sobre 2023
- Veja como foi o treino do Grêmio desta quarta-feira (17)
- Thaciano pode ficar de fora do confronto contra o Cruzeiro





Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

17/8/2022

NOTÍCIAS QUE BOMBARAM - 20:18 (0)

5 notícias do Grêmio hoje que bombaram (17/08)


















16/8/2022