Luiz Zini Pires: Roger, Felipão e o futebol de verdade


Fonte: Diário Gaúcho

Luiz Zini Pires: Roger, Felipão e o futebol de verdade
Foto: Lauro Alves e Félix Zucco / Agência RBS

Quem gosta de futebol ficou feliz com a chegada de Roger Machado. Aprovou a saída de Felipão, agora na China, do Grêmio.

Aos 66 anos, 33 de carreira em sete países, Felipão passou 10 meses em Porto Alegre e nunca falou sobre futebol, táticas, métodos de trabalho ou como o time deveria ou não atuar. Reclamou de dirigentes, de árbitros e, muito, dos seus jogadores.´

Ao escalar Roger, 40 anos, dois de carreira, o Grêmio não só conseguiu melhorar e turbinar seu time, como encontrou um treinador disposto a falar sobre futebol, discorrer sobre o tema e aceitar perguntas.

Roger é igual a Diego Aguirre em certo sentido. Os dois entendem que é possível ser civilizado na liderança de uma equipe.



VEJA TAMBÉM
- A dor de Renato Portaluppi e a história de lutas do Grêmio
- Grêmio avalia impacto econômico de tragédia no RS e busca reforços.
- Grêmio negocia com Rodrigo Caio e está próximo de acordo






Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

27/5/2024























26/5/2024