Caso Ferreira é encerrado e grêmio traça uma nova estratégia para comunicar lesões


Fonte: https://gauchazh.clicr

Após conflito de versões envolvendo a situação clínica do atacante Ferreira, o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan, saiu em defesa do departamento médico nesta quinta (12). Além disso, o clube prepara nova estratégia para comunicação de lesões futuras dos atletas.

O Grêmio agora pretende colocar os médicos à disposição da imprensa para entrevistas ou conversas informais com maior frequência. Assim, o objetivo é de que a versão do clube chegue de forma mais clara ao torcedor.

Fato é que a direção decidiu que, a partir de agora, o "caso Ferreira" é assunto encerrado na Arena. Com dores na coxa direita desde fevereiro, o atacante decidiu procurar médico particular, enquanto o DM garantia que nos exames de imagem não constatava lesão.

Nesta semana, porém, o médico procurado pelo jogador identificou quadro de hérnia inguinal, motivo pelo qual o atacante foi submetido a cirurgia nesta quarta (11) e irá parar por dois meses. Em entrevista nesta quinta (12), Romildo defendeu a conduta dos médicos gremistas.

— Os médicos (do Grêmio) são profissionais e competentes. Quando um profissional da medicina trata de um atleta de alto rendimento é preciso ter o máximo de cuidado. Você tem de diagnosticar, prescrever e ter a receptividade no tratamento. Ninguém inventa nada na medicina. Você aplica tudo que deve ser aplicado e o que a medicina manda fazer. Digo que eles têm a confiança não apenas dos jogadores, mas também da direção. Eles são competentes. Eu sei o que estou dizendo e reafirmo com muita clareza — disse Romildo.

O presidente ainda declarou que era favorável a uma manifestação pública dos médicos do clube sobre o "caso Ferreira", o que acabou não ocorrendo.

— Ontem (quarta-feira) fizemos um debate. Eu acho que os médicos deveriam vir aqui (na sala de imprensa) fazer suas manifestações, mas talvez não queiram fazer porque eles têm suas questões éticas. Eles tratam de terceiros e, talvez, não devam externar questões próprias. Talvez os médicos não queiram fazer isso em respeito à sua profissão e a compromissos éticos — completou o presidente.

Ferreira, Médico, 2022, Bolzan

VEJA TAMBÉM
- Diego Souza tem surpreendente média de gols pelo tricolor gaúcho
- [ENQUETE] Você acredita que o Grêmio terá dificuldades para subir para a Primeira Divisão?
- Geromel completa 350 jogos pelo Grêmio





LEIA TAMBÉM: Diego Souza deve ser desfalque do Grêmio na estreia da Série B

E MAIS: Grêmio renova com duas promessas da base e promete oportunidades na Série B




Comentários



Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

17/5/2022











16/5/2022