Bolzan descarta problemas internos e diz que Roman saiu por "questões pessoais"

Presidente do Grêmio declarou, também, que não tem pressa em definir o substituto


Fonte: GaúchaZH

Em sua primeira manifestação pública sobre a saída de Odorico Roman, o presidente do Grêmio Romildo Bolzan Júnior garantiu nesta quarta-feira (10) que ela se deu por desejo pessoal do ex-vice de futebol e não por problemas de relacionamento. Bolzan disse, também, que não tem pressa em definir o substituto, que até poderá ser escolhido quando o grupo de jogadores já estiver completo.


— A situação é tão tranquila que Odorico está aqui apresentando jogadores. Ele alegou questões pessoas. Saiu por vontade própria. Temos de respeitar e respeitamos. Eu gostaria que ele continuasse, mas compreendo — ressaltou Bolzan.

O dirigente desmentiu rumores de que a saída de Roman atenda a um desejo pessoal de sair por cima e, com isso, tornar-se o candidato natural à sucessão do próprio Bolzan, no final de 2019. Mas, se fosse essa a razão, compreenderia:

— Se ele quisesse sair por estar em momento de alta, também seria justo.

Sem citar nomes para a função de vice de futebol, Bolzan disse que todo o trabalho será facilitado pela estrutura que já está montada.

— Nosso projeto é coletivo. Quem vier, pegará um projeto organizado. A cultura do Grêmio independe de personalidades, mas do conjunto — frisou.

Comentários



Voce esta pagado valores alto e teno pouco PROGRAMAÇÃO de TVV
asssinatura Liberação e DEMINUIMOS valor da
conta pra quallquer luga do Brasil WHATZSAP
11958640776

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

16/1/2018












15/1/2018





PERDA - 13:35 (11)

Nota de Pesar





SEM RESPEITO - 09:34 (11)

Cacalo: "Aliciamento virou rotina"