Barrios nega acerto com Colo-Colo e dispara contra presidente: "Nunca me quis"

Centroavante deixa clara desavença com Aníbal Mosa e fecha portas para volta ao Chile


Fonte: Globo Esporte

Barrios falou sobre futuro no Chile (Foto: Eduardo Moura / GloboEsporte.com)
O futuro de Lucas Barrios parecia estar em Santiago, no Chile, com seu retorno ao Colo-Colo, onde é ídolo e referência. Mas não vai ocorrer. Pelo menos foi o que disse o próprio jogador ao conceder entrevista para a Rádio Cooperativa, no Chile, e disparar contra o presidente da equipe, Aníbal Mosa. Segundo o centroavante, o mandatário nunca quis seu retorno, deixou-o com "os papéis na mão" em duas oportunidades anteriores e pediu publicamente que "não mintam".


Barrios relatou contato com o técnico Pablo Guede e com o diretor Pablo Morales para tratar do retorno. Nos últimos dias, a TyC Sports confirmou o acerto do centroavante com cidadanias paraguaia e argentina com o Colo-Colo. Algo que o jogador desmentiu nesta entrevista.

- Quero esclarecer para que a torcida saiba a verdade. Sou jogador e tenho carinho pelo clube. Quero dizer para a torcida que basta que se minta desta maneira, que estou fechado. Me dói quando confirmam e me dói que mintam para a torcida quando o único que o presidente devia fazer era ligar e dizer: "Lucas, queremos que venha" - falou Barrios.


O desentendimento do centroavante com o presidente é antigo. Em duas oportunidades, Barrios estava com a intenção de voltar ao Colo-Colo, em 2015 e 2016, mas ficou com os "papéis" na mão, conforme versão do jogador. Condicionou um retorno ao Chile com uma ligação de Mosa. E fechou as portas para qualquer negociação por conta desta desavença.

- Dou por fechado porque é impossível ir a um clube sem que o presidente te queira. É impossível. Que não mintam para a torcida, que digam que não querem a minha contratação e pronto. Hoje fecho a porta a voltar ao Colo-Colo pelo que estou dizendo. É impossível falar com Mosa, nunca me quis - completou o centroavante.

Barrios fica livre após o dia 31 de dezembro, quando encerra seu contrato com o Grêmio. O centroavante informou que não continuaria no Tricolor após a derrota para o Real Madrid, no Mundial de Clubes, e se despediu da torcida com uma mensagem em suas redes sociais. Além do Colo-Colo, Huracán e River Plate, da Argentina, foram colocados como possíveis destinos para 2018.

Comentários



Fabao Silva     

penso q deveria ter continuado no grêmio , esse ano ia fazer pré temporada e aí sim poderia voltar a fazer os gols que fez logo em sua chegada

joao pessoa     

VOCÊ QUE ESTÁ CANSADO DE TER POUCA PROGRAMAÇÃO DE TVV ASSSINATURA E NÃO CONCORDA COM OS VALORES COBRADOS
FAÇO LIBERAÇÃO E DIMINUÍMOS O VALOR DA CONTA
PARA TODO BRASIL
WHATZSAP 11 958694345

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.

Leia também

16/1/2018












15/1/2018





PERDA - 13:35 (11)

Nota de Pesar





SEM RESPEITO - 09:34 (11)

Cacalo: "Aliciamento virou rotina"